Duas mulheres em Hijabs

muslimDuas mulheres em Hijabs

Em um domingo recente, cheguei à igreja mais cedo e notei duas mulheres que não parecem ser regulares em nossa igreja. Eles usavam hijabs. (véu muçulmano)

Imediatamente, uma série de perguntas correu pela minha mente. O que eles estavam fazendo? O que os outros pensam deles? Embora eu tenha ouvido falar de muitos crentes muçulmanos , parecia um passo corajoso para colocar os pés em uma igreja. É um passo ousado para uma candidata a partir de qualquer situação.

Alguns olharam  para elas com curiosidade. Outros se aproximaram com um sorriso. O pastor tinha perguntas. Não parecia que alguém tivesse preocupações de segurança, e ninguém falou asperamente com elas ou tentou fazê-las sair.

Estas duas mulheres não são os extremistas radicais que tentam explodir edifícios. As mulheres muçulmanas muitas vezes usam hijabs que cobrem tudo, mas seus olhos ainda pode ver como os cristãos e responder a elas. Elas vêem aqueles que evitam o contato visual com eles ou que propositadamente caminhar em outra direção apenas para evitá-las. Se elas são novos para a área, alguns vão fazê-las sentir bem-vindo ou amado. Se elas forem fazer compras em supermercados ou shoppings com seus filhos, é difícil dizer quantas se coíbe de famílias que precisam comunidade.

Se a igreja americana não consegue alcançá-las nestas áreas muito públicas, é preciso saber como quaisquer muçulmanos vai se sentir bem-vindo dentro da igreja.

As mulheres em hijabs não eram muçulmanos, mas  cristãs que recentemente participaram de uma conferência para aprender sobre ministério evangelístico para mulheres muçulmanas. Elas usavam os hijabs para criar a consciência dentro de nossa própria igreja da necessidade de ver as mulheres sob as hijabs – mulheres que já necessitam de cuidado e amor. A igreja precisa de ver os homens e mulheres que precisam do amor de Jesus.

Uma forma de chegar é a de começar a orar para os homens e as mulheres muçulmanas e suas famílias em sua própria comunidade. Muçulmanos estará cumprindo seu jejum anual durante o mês do Ramadã, que começa dia 18 de junho

Este mês, VOM (Voz dos Mártires) é uma parceria com a Rede de Oração de 30 dias para oferecer  gratuitamente um livreto com  30 Dias de  Oração pelo  Mundo Muçulmano em cada doação.

Fonte: Persecution Blog /Voz dos Mártires USA

“Ann Kay” é um escritora para VOM. Ela aprendeu sobre VOM há cinco anos quando leu Torturados para Cristo e começou a receber o newsletter. Ela é apaixonada por alcançar o mundo para Cristo e compartilha  histórias da igreja perseguida.

Tradução : Anderson Cássio de Oliveira – Missão com Cristo e
blog Chamado para Nações

Anúncios

Sobre Anderson Cássio de Oliveira

Líder do ministério Missão Com Cristo, avivalista apologético, trabalha principalmente com ensino, discipulado e serviço cristão, voltados a levar a Igreja do Senhor a um avivamento genuíno (com base nas Escrituras). Administrador do blog de missões - Chamado para as Nações.
Esse post foi publicado em Mensagem Missionária (MM) e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s