Missões e Adoração – Ministério de Bob Fitts

Bob FittsO cantor e compositor americano BOB FITTS foi um dos principais destaques do ministério de louvor e culto dos Estados Unidos.

O californiano Bob Fitts esteve envolvido no ministério do culto há mais de uma década. Mas seu último álbum ‘Proclaim His Power’ para Hosanna /integrity Music foi algo especial. Cross Rhythms escreveu em seu Pick Of The Pile que “se amamos as orações Bob pronunciar” Song Of Deliverance “e” Let It Rain “, então o Senhor enviará de suas músicas da sala do trono que vão curar nações, músicas Isso quebrará os poderes da escuridão, canções que irão encabeçar o avivamento do Espírito Santo que vai agarrar esta nossa nação carente e necessitada “.

Bob Fitts é o mais velho de uma família cristã de sete filhos. O pai de Bob era um ministro batista que fazia uma boa viagem, país amado e ocidental, e até fez um registro! O pai de Bob também era um guerreiro de oração e foi com esse cenário aos seis anos que Bob deu a vida a Jesus Cristo.

Bob cresceu na Califórnia e no final dos anos 60 / início dos anos 70 estava muito envolvido em todo o Movimento de Jesus e o desenvolvimento inicial da Capela do Calvário, que ele lembra ter começado em uma tenda! Aos 17 anos, Bob teve um encontro com o Espírito Santo. “O espírito tomou o que era minha compreensão limitada do que era um cristão e mudou radicalmente minha vida”, diz Bob. “Eu guiei o culto na Capela do Calvície do Riverside por um tempo e então comecei a trabalhar em outra comunidade local onde eu me esforcei para trabalhar com algumas questões que precisavam ser resolvidas na minha vida. Deus realmente me desafiou. Foi um dos pontos de inflexão na minha vida.”

No que diz respeito à escolaridade e treinamento musical, Bob foi a uma escola cristã que, na época, era muito o lugar “acontecendo”. Foi durante esse período que ele conseguiu ver que ele precisava de ajuda para melhorar seus vocais e, por isso, foi aconselhdo por Chris Badey, que também trabalhou com muitos cantores contemporâneos na Calvary Chapel naquela época. Bob passou a fazer estudos teológicos como seu tema principal e também desenvolvimento vocal e cursos de composição.

Bob foi então convidado a trabalhar como líder de adoração / pastor de jovens de uma igreja na Califórnia, mas não estava muito seguro de aceitar isso. Deus, no entanto, desafiou-o a fazer este trabalho, e ele decidiu ir para ele, que ele lembra desfrutar completamente por cerca de sete anos.

“Durante este tempo, Deus começou a sobrecarregar meu coração com uma compaixão por outras nações. Uma noite em um sonho, vi uma mulher brava vindo até mim e começou a me gritar sobre pessoas que estavam morrendo de fome pelo evangelho, pessoas que não o faziam Tenho as bênçãos e os recursos que faziam parte da minha vida. Senti que Deus estava me dando uma mensagem clara de que eu deveria levar a cura de Deus para as nações. Deus quis usar-me de uma maneira que mostre às pessoas seu coração de compaixão através de Pessoas em missões, usando e coordenando os recursos disponíveis e transformando-os em maneiras construtivas de ajudar os outros de outras nações “.

Foi através desse sonho que, eventualmente, Bob sentiu Deus chamando-o para se juntar a Jocum (a Youth With A Mission) no Havaí, onde ele e sua família foram em 1981. Inicialmente, eles não tinham um papel particular, mas passaram algum tempo de descanso. Isso não durou, ele logo descobriu que ele estava começando a se envolver em ajudar com a Escola de Treinamento Discipulado. Bob estava no ponto de perguntar e questionar o que ele estava fazendo com a música em sua vida? Naquele momento, ele escreveu a música “Pai do céu” (Bendito seja o Senhor Deus Todo-Poderoso), enquanto estava em uma barraca de café, sentindo-se bastante abaixo, depois de deixar a Califórnia com toda a família e amigos.

Ao redor dos Jogos Olímpicos de 1984, Deus falou com o Bob cada vez mais prolífico e encorajou-o em seus esforços. Bob gravou um álbum solo chamado ‘Take My Healing To The Nations’, que eventualmente foi divulgado mais adiante por Scripture In Song. Dale e Dave Garratt desempenharam um papel fundamental na vida de Bob neste momento e enfatizou que eles também eram pessoas-chave no desenvolvimento da área de louvor e adoração. Bob viajou com eles no ‘Sound Of Joy Tour’ para a Austrália, a Europa e outros lugares do mundo.

Explica Bob: “Meu tempo em JOCUM começou a mudar e a evoluir, enquanto os outros ao meu redor me encorajavam a assumir um papel muito maior no campus. A visão que eu tinha sido dada por Deus de tomar ‘Cura às Nações’ surgiu com O desenvolvimento da International School Of Worship, que fui iniciado inicialmente, mas que já consegui treinar outros para assumir o cargo de equipe de trabalho. Isto não era apenas desenvolver musica e adoração, mas desenvolver um coração para a missão e uma compaixão por Outras nações do mundo que precisam de ensino e ajuda para construir suas nações “.

Perguntei a Bob sobre duas de suas músicas mais queridas. “Eu escrevi” como adoramos em sua presença “em conjunto com Cathy Carter. Na época, estávamos lutando para resolver as manifestações sobrenaturais de Deus. Por que foi isso?
Por que, às vezes, Deus curou e às vezes não o fez? Concluímos que não precisamos saber, que o mais importante é que adoramos primeiro, Deus então “habita nossos louvores” e há “cura” em suas asas. Eu escrevi “Ele é Adorável” em uma ocasião em que estávamos organizando presentes secretos especiais uns aos outros, mas eu não tinha muito no caminho das finanças, me senti totalmente inadequado e Deus disse que dê o que você tem. Então eu escrevi essa música para mostrar meu apreço pela amizade! Se amamos o Senhor, nosso amor uns aos outros deve ser expresso, não podemos amar a Deus e não aos nossos semelhantes! ”

1994 é um momento de transição para Bob e ele se sente um pouco como Abraão – confiando em Deus, mas sem saber exatamente onde Deus o deseja. Ele sente que o Havaí é definitivamente uma ponte para a Ásia e outras áreas chaves em todo o mundo e ele está esperando o Senhor para sua direção futura.

Por fim, perguntei a Bob o que mais ele tinha no coração dele que queria expressar. Dois pensamentos claramente definidos estavam no topo da mente de Bob que sentia fortemente sobre:

Em primeiro lugar: “A força de Deus é perfeita nas nossas fraquezas! Quando viajei a Nashville para a recente gravação de ‘Proclamar o Seu Poder’, eu estava viajando pelo mundo há algum tempo – eu estava fisicamente, emocional e espiritualmente cansado e questionado O que estava acontecendo. No final da gravação, eu sabia que só poderia ser Deus quem havia transformado um conjunto de circunstâncias em que me sentia fraco em uma situação em que a força de Deus tinha sido perfeita e um milagre aconteceu – a gravação era ótimo!”

Em segundo lugar, ele ressaltou que somos ambos de ilhas, ou seja, Havaí e Reino Unido. Bob estava nos encorajando aqui no Reino Unido a perceber que fomos um recurso para outras nações. “Eu acredito que aqueles envolvidos como líderes de adoração e nas áreas de adoração aqui no Reino Unido têm” ensinado profundamente  “as pessoas de outras nações de uma maneira que os britânicos não percebem. Deus criou os britânicos ricos em recursos e você precisa Continue a compartilhar e ampliar essa ajuda a outras nações no futuro, como você já fez no passado!

Fonte: Cross Rhytms UK

Publicado em Missionários que marcaram | Marcado com , , | Deixe um comentário

Formanda desafia administradores que queriam remover Jesus do discurso

moriah

Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus. 

Mas qualquer que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante de meu Pai, que está nos céus. (Mt 10:32-33)
Num mundo onde muitos cristãos preferem ficar no anonimato , por vergonha ou com medo de retaliação, uma jovem americana, chamada Moriah Bridges resolveu “comprar essa briga” com os administradores da escola em razão da sua fé.  A graduada do ensino médio desafiou os administradores da escola depois que eles  declararam para ela remover Jesus do seu discurso

A graduada do ensino médio, Moriah Bridges  desafiou os administradores depois que eles declararam remover Jesus do seu discurso .

Nos últimos anos, tem havido uma tendência perturbadora em escolas em toda a América, onde funcionários da administração tentaram silenciar aqueles que querem falar sobre sua fé cristã. O último exemplo dessa repressão das crenças cristãs ocorreu na Beaver High School, em Beaver County, Pensilvânia, onde os funcionários da escola tentaram impedir que um aluno inclua referências a Deus em seu discurso de início, informou Faithwire. Inicialmente, a administração pediu a  Moriah Bridges  “remover todas as referências religiosas” de seu discurso de formatura , incluindo as palavras “Deus”, “Senhor” e uma oração que ela incluiu.

Efetivamente, eles queriam que ela silenciasse Jesus. No entanto, o plano da administração falhou, porque quando Bridges realmente deu o discurso em 2 de junho, ela desafiou a administração e incluiu uma referência bem-redigida a Jesus Cristo. “Sempre fui uma seguidora da regra”, disse Bridges no final de seu discurso.

“Quando eles disseram não mastigar chiclete, eu não mastiguei chiclete. Quando eles disseram não usar seu celular, eu não usei meu celular. Mas hoje, com o espírito de desafiar as expectativas, e talvez a última vez neste pódio, eu digo: “no nome justo de Jesus Cristo, Amém”.

Essa linha atraiu saudações maciças e aplausos da platéia conforme o vídeo abaixo:

 

Publicado em Notícias Missionárias (NM) | Marcado com , , | Deixe um comentário

Jihadistas fuzilam 26 cristãos no Egito, incluindo crianças. Ataque foi contra ônibus que visitava monastério


por Jarbas Aragão

Jihadistas fuzilam 26 cristãos no Egito, incluindo crianças

 

Nesta sexta-feira (26) três ônibus cheios de cristãos que se dirigia ao mosteiro de São Samuel, na província de Mínia, foram atacados por jihadistas. Segundo as agências internacionais, eles metralharam o veículo, matando pelo menos 26 pessoas, incluindo várias crianças.

Os atacantes não foram reconhecidos até agora, mas as autoridades admitem que foi um ataque terrorista. O porta-voz do Ministério da Saúde egípcio, Jaled Muyahid, lamentou as mortes e explicou que entre os feridos, sete estão em estado grave.

Segundo os sobreviventes, um grupo de homens armados disparou várias vezes contra os veículos que transportavam cristãos coptas para uma visita escolar ao mosteiro copta. Os jihadistas estavam em quatro veículos, que começaram a rodear os ônibus e a metralhá-los.


  Realize o Seu Sonho de Tocar Piano sem Sair de Casa. Comece Agora!


Os primeiros relatos são conflitantes, com o número de vítimas variando de acordo com a agência.

Porém, a mídia egípcia ouviu o relato de um líder da igreja copta, que conta uma história mais sangrenta que a divulgada pelas autoridades.

Segundo ele, 40 crianças estavam sendo transportadas nos ônibus e apenas três sobreviveram. O que elevaria o número de mortos para pelo menos 37.

O presidente egípcio, Abdel Fattah Al-Sisi, convocou uma reunião de emergência para tratar de segurança após o ataque. O país ainda vive o “estado de emergência” convocado por ele após os ataques a igrejas na Páscoa, que deixou dezenas de cristãos mortos.

O ataque contra os ônibus ocorre apenas alguns dias após a embaixada norte-americana ter alertado sobre uma “ação não especificada” de grupos terroristas.

O Estado Islâmico vem promovendo uma guerra contra os coptas egípcios, que são cerca de 10% da população.

Desde o final do ano passado, promoveram numerosos atentados nos últimos meses, tanto contra grupos quanto contra indivíduos, tendo deixado claro em vídeo divulgado na internet que seu objetivo é exterminar o cristianismo do país.

Fonte: Gospelprime

Publicado em Notícias Missionárias (NM) | Marcado com , , | Deixe um comentário

A Cruz e o Túmulo vazio

18554657_10154692629918412_1598188654_n

“…Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá.” (João 11.25)

ESCRITO POR PR. JAIME KEMP. .

Nunca antes, nem depois, ocorreram duas cenas tão contrastantes na História humana!  Na sexta-feira santa, Jesus Cristo foi pregado na cruz do Calvário e ali aviltado, humilhado e perfurado. Morreu como um ladrão. Aparentemente, um trágico final! Porém… três dias depois, ele foi em glória devolvido da morte. Ressurgiu dos mortos e está vivo para reinar para todo o sempre! Há nessas duas cenas, lições importantes e duradouras!

“Parece, mas não é!” – Na sexta-feira, Jesus foi vítima inocente do ódio dos religiosos e das autoridades de Roma. Sua causa parecia ter sofrido derrota total e sua vida fora destruída. Nesse clima, ocorreu a ressurreição, que colocou em foco o fato de que ele não era um fracassado, mas sim um vitorioso! No Calvário, entre aparente escuridão, derrota e tragédia, ele cumpriu sua suprema missão ao estabelecer a pedra angular de redenção, sobre a qual permanece seu reino eterno.

Precisamos nos lembrar sempre da lição que podemos tirar do contraste entre a sexta-feira santa  e o domingo da ressurreição. Em nossas vidas, somos confrontados com dificuldades aparentemente intransponíveis, fracassos e desapontamentos. Muitas vezes isso aparenta um retrocesso; portas parecem se fechar, o mal parece estar prevalecendo. Você e eu chegamos a imaginar se Cristo é mesmo o Senhor Soberano sobre todas as coisas! Não podemos permitir que nada disso nos tire do alvo. “Nem tudo o que parece ser, é!”

O Atual nem sempre é o Final – Aprisionaram Jesus. Imediatamente Ele passou às mãos do inimigo. No mesmo dia morreu e antes que a noite chegasse já estava enterrado. Outro capítulo da História estava sendo escrito. Aquele pôr-do-sol foi somente um prelúdio para a nova e radiante manhã. Quando a página  foi virada, a situação já estava diferente. Jesus triunfara contra seus inimigos e estava totalmente vivo…

Quero, agora me dirigir a você que se encontra frustrado, sentindo-se derrotado atravessando pressões financeiras, crises conjugais, profissionais, com ministérios fadados a não progredir, ou seja lá mais o que se enquadre nesta lista, ligado a retrocesso, aflição emocional, perda humana ou material etc. Não se esqueça dos dois maiores contrastes das páginas da História humana: A cruz do Calvário e o túmulo vazio!

Pense Nisso: O poder que ressuscitou a Jesus Cristo da morte é o mesmo poder que habita em nós e há de nos capacitar a enfrentar as dificuldades e circunstâncias da vida.

Publicado em Momento da Palavra | Marcado com | 1 Comentário

Conheça Casa de las Misiones – Petrolina/PE

183142_439360509488954_1498328629_n

Paz do Senhor Jesus Cristo!

Meu nome é Rodrigo Azevedo sou de Petrolina-PE, e no momento estou morando com a minha família aqui na região.

Sempre frequentei a Primeira Igreja Batista de Petrolina, toda minha família fazem parte do corpo de Cristo e depois de muitos anos de oração e busca por Deus recebi um chamado de ir para o seminário do CTMDT em Belo Horizonte e também trabalhar entre os africanos.

CURSO NO CTMDT

Estudei no CTMDT (Centro de Treinamento Ministerial Diante do Trono, www.ctmdt.com.br), situado na cidade de Belo Horizonte MG, criado pela Igreja Batista da Lagoinha (www.lagoinha.com.br) e pelo Ministério Diante do Trono (Banda Gospel) para ajudar a suprir uma lacuna que havia no cenário cristão brasileiro atual, ou seja, ser um curso livre, que objetiva oferecer treinamento e capacitação para jovens crentes servirem ao Senhor nas igrejas e campos missionários no Brasil e no exterior.

O curso de Missões tem como proposta treinar cristãos com chamado missionário, oferecendo um treinamento que aborde tanto disciplinas bíblico-teológicas e missiológicas como também disciplinas com caráter mais prático, como por exemplo: evangelismo, discipulado, implantação de igrejas e aconselhamento.

Uma das propostas pedagógicas do CTMDT é que seus alunos tenham a oportunidade de colocar em prática o que já estudaram anteriormente durante o período de treinamento teórico (dois anos), para isso a escola propõe um período prático. No curso de missões esse período prático acontece ao final do curso, e pode ter a duração de seis meses até um ano.

PRATICO 2013

Ao receber o chamado de Cristo, e ter a disposição de obedecer uma ordem que Ele nos deixou (Mateus 28:19-20). FUI para Guiné Bissau-ÁFRICA e tive um grande trabalho entre os muçulmanos e as igrejas locais.

Trabalhei com aconselhamento, levei a palavra de Deus em muitas igrejas daquela região e também dei aula de hermenêutica e contextualização entre os africanos.

logocasadelasmisiones
CASA DE LAS MISIONES

Aprouve ao Senhor nos abençoar com alguns outros projetos locais e hoje temos uma base missionária chamada Casa de Las Misiones (Casa das Missões), em Petrolina/PE onde desenvolvemos projetos missionários em ações missionárias onde visitamos aqueles que necessitam com o alimento espiritual(palavra de Deus)  e doamos recursos materiais onde arrecadamos alimentos, roupas e brinquedos aqueles que necessitam.  Temos projetos missionários também em Juazeiro na Bahia .

Venha conhecer a Base Missionária #CasadelasMisiones aqui na região de Petrolina-PE.

Um lugar onde podemos aprender mais sobre Missões e também mergulhar mais profundo na Presença de Deus.

“Alcance o perdido a qualquer custo”

BRADESCO

Nome: Rodrigo Gomes de Souza Azevedo

Agência: 3101 – 1 Conta: 1011989 – 8 —Conta Poupança— *E-mail: rodrigo_mission@hotmail.com

Fone para contato: Joana Azevedo:(87) 88043090/  Rodrigo Azevedo (54) 8131-5023

FORTE ABRAÇO! Rodrigo Azevedo

____________________________________________________________________________________________

Redes Sociais

Siga nos também pela nossa page no facebook

https://www.facebook.com/casadelasmisiones/?pnref=lhc

https://www.facebook.com/misionesrodrigo?fref=ts

 

Publicado em Notícias Missionárias (NM), Testemunho Missionário | Marcado com , | Deixe um comentário

Testemunho de Rodolfo Abrantes ( ex-vocalista da banda Raimundos e Rodox)

Resultado de imagem para rodolfo e alexandra abrantes

“Jesus estava a caminho da crucificação, já tinha sido humilhado de todas as formas, naquele momento faltaram-lhe forças. Um homem cirineu, chamado Simão, estava vindo do campo, e a guarda romana o constrangeu para ajudar Jesus a carregar a sua cruz. (Lucas 23:26).
No ano de 2000, eu estava cheio do que o mundo diz que é o auge, que é tesouro, que é beleza, fama, dinheiro, e tudo isso que o mundo pode oferecer para uma pessoa,e as pessoas se matam por isso.

Eu estava cheio de tudo isso, mas por dentro eu estava na maior miséria que eu já enfrentei na vida. Eu viajei com meu irmão pra a praia da Pipa para passar um revellion junto com ele e naquele mês que eu passei com ele eu só sabia falar cinco frases que eram: ‘vamo fuma’, ‘vamo come’, ‘vamo chapá’, ‘vamo surfá’ e ‘vo não’. Porque quando ele me chamava para fazer uma coisa diferente dessa eu dizia ‘vo não’. Em um mês eu falei apenas cinco frases com meu irmão, de tão drogado que eu era, de tão infeliz, de tão sem assunto, de tão vazio, porque ninguém dá o que não tem.
Como é que eu ia falar alguma coisa, eu não tinha nada! Eu era seco, vazio, um nada , um boneco, corpo presente ali. Em qualquer lugar que eu estivesse, minha cabeça estava em marte. Eu não sabia nem onde é que estava. Tem cidades que eu fui que eu nem sabia que tinha ido. Lesado, completamente drogado. Estragado.

Usava droga desde os treze anos de idade. Mas Deus viu a minha situação e sabia que dali em diante eu não conseguia carregar nada sozinho. Eu estava morrendo, e com os sintomas de um monte de doenças no meu corpo.

Por ser filho de médicos (mãe pediatra e pai ginecologista e obstetra) conheço um pouco de doença, então sabia que o que tinha no meu corpo era algo muito sério. Comecei a emagrecer de uma hora para outra, e tinha uma dor no estômago que me corroía todos os dias. Começou a aparecer um monte de caroços debaixo do braço que doíam muito, cheguei a contar nove caroços debaixo do braço, fora os da virilha que eram enormes, doíam demais.

Eu tinha que tomar dois antiinflamatórios por dia para poder fechar os braços. Eu estava em um estado terrível porque sabia que ia morrer. Ter saúde é uma bênção.

Estava nesse estado, sozinho, morando em São Paulo, com uma vida louca, trezentas namoradas por aí, espalhadas, drogas a valer, balada todos os dias, fãs de montão, disco de platina, dinheiro na conta, agenda lotada de show e completamente infeliz.

Aí tinha a Alexandra, que é minha esposa, que ‘estava passando, vindo do campo’.Eu a conheci em 1994, e fui reencontrá-la no ano de 2000.

Deus nos colocou juntos de uma forma milagrosa pois havia seis anos que tínhamos nos conhecido e pelo menos uns três que não nos víamos e eu me reencontrei com ela e nós não nos desgrudamos mais. Trouxe-a para São Paulo, para morar comigo.

Ela estava mais drogada do que eu. As drogas que ela consumia eram muito mais fortes dos que as que eu usava. Mas acontece que a Alexandra tinha uma coisa dentro dela que eu não tinha, uma coisa que vale mais do que o mundo inteiro.

Ela tinha uma semente que se chama Palavra de Deus dentro do coração dela, porque aos quinze anos, quando ela me conheceu, ela conheceu a Jesus também. Só que naquela época ela não seguiu nem a mim e nem a Jesus. Mas era o suficiente para saber que Jesus era o auxílio na hora da dificuldade. Toda vez que a coisa ficava preta, ela corria para dentro da igreja.Essa era a mulher que Deus colocou ao meu lado, uma mulher torta. Muita gente podia dizer que essa mulher era pior do que eu. Mas Deus não faz acepção de pessoas e Deus escolhe quem quer. Não interessa se você é o Presidente da República ou se você é gari.

Um homem torto, com uma mulher torta. E começamos a brigar e a nos agredir. A nossa vida virou um reflexo de tudo o nós fazíamos: um casal drogado, vivendo em pecado, na mentira, porque os pais dela nem sabiam que ela morava comigo.

Lá na casa dos pais dela podiam falar cão, mas não podia falar Rodolfo.Hoje minha sogra é uma bênção e trabalha conosco lá na igreja. O cenário para o diabo operar estava completo. Mas Deus, que é o todo poderoso, começou a mexer as coisas também.

E a Alexandra começou a buscar a JESUS e a se encher. E dizer: Se tu me deres o Rodolfo, eu nunca mais te largo. E o fogo começou a aumentar e os capetas tentando apagar através de mim, que era um saco de demônio, mas Deus estava ali protegendo a brazinha dela e o foguinho foi pegando e pegou num ponto que consumiu o Rodolfo no coração dela, ao ponto dela dizer: Senhor, com Rodolfo ou sem Rodolfo eu nunca mis te largo! Já não era eu mais em primeiro lugar, era Jesus aí estava do jeito que Deus gosta. Deus estava em primeiro lugar, aí Deus começou a transbordar na vida dela.

Ela convidou umas irmãs para fazer uma campanha de oração dentro de casa,porque essas irmãs também foram Cirineu, para ajudar a Alexandra a carregar a cruz dela, não pense que ela conseguiu sozinha.Elas começaram uma campanha de sete segundas-feiras lá em casa. Eu fugi das três primeiras, na quarta, Deus me pegou, não teve jeito.

Eu não queria saber de crente e achava que era a pior raça, que crente só servia para tirar dinheiro. ‘Eu sou doido, mas crente é ainda mais doido, não presta’.

Eu aceitei Jesus naquele dia, sabe porquê? Porque Deus dominou o lugar, Deus dominou o lugar completamente, eu não sabia isso na hora, claro. Hoje eu sei. Aquelas irmãs chegaram com simplicidade.

Eu que nunca tinha visto um culto evangélico na minha vida, o primeiro era um culto ultra, mega, super pentecostal ao extremo dentro de casa, dentro da sala em que eu fumava maconha. Era irmã correndo, dentro do banheiro todo enfumaçado em que eu tinha acabado de fumar, estava lá a irmã orando na latinha, numa latona de maconha que eu tinha a irmã orava na latinha e era irmã pra tudo quanto é lado. E eu perguntava: Deus que negócio é esse? Sabe o que aconteceu? Deus tomou conta do lugar, Deus tomou conta.

Era a presença de Deus enchendo aquilo ali. Glória a Deus! Aceitei Jesus naquela tarde, meio sem saber o que estava fazendo. Não sei porque eu aceitei Jesus. Acho que foi para elas irem embora. Mas eu aceitei Jesus e Ele entrou e não teve mais como escapar, Ele entrou. E quando Ele entrou, começou a trabalhar, e começou a mexer as coisas.Passou uma semana, e o Rodolfão estava lá no segundo culto da vida dele, dentro de casa, porque eu era tão doido que eu nunca ia pisar numa igreja, e aí Deus é tão misericordioso que Ele enfiou uma igreja prontinha dentro de casa.

Nessa segunda semana, Deus se revelou para mim dessa maneira a irmã começou a orar sem eu pedir nada. Ela começou a orar e abaixou a mão até a minha barriga e me disse que Jesus estava me curando de um câncer para você saber que Ele é Deus, que Ele te ama e que Ele tem uma grande obra para fazer na sua vida.

Ela falou que era um câncer de estômago. Meu avô morreu de câncer, dois tios meus morreram de câncer no estômago, duas tias minha tiveram que arrancar os seios porque tiveram câncer; era uma maldição que se alastrava na minha família.Graças a Deus Jesus Cristo cortou quando chegou em mim. Naquela tarde a minha dor de estômago desapareceu, e todos os caroços que eu tinha desapareceram. Passei a engordar, ceguei a engordar uns 18 quilos, não e uma hora para outra, fui ficando saudável e engordando, feliz, Jesus foi entrando em minha vida.

Fui curado, passei a viver apaixonadamente por Jesus e aquelas irmãs viraram Cirineus em minha vida. Começaram a me ajudar, com muito amor. Fomos caminhando. Fui expelido daquela banda como um dente que cariou e que tem que ser arrancado. Deus me tirou de lá. Graças a Deus, no momento certo. Levei muitas pedradas por causa disso, levo até hoje.

Deus tem um treinamento intensivo com quem se coloca à disposição. Você quer servir a Cristo? Então te prepara irmão!

É um privilégio maravilhoso sofrer por Jesus Cristo.

Naquele momento os pais da Alexandra que estavam desviados, começaram a ver a obra, a ver que agente não se drogava mais, que estávamos noivos, depois nos casamos rapidinho. Em meu primeiro testemunho, subi no púlpito e comecei a chorar. Eu só sabia dizer: fui curado e não uso mais droga, não conseguia falar nada, só chorava. Eu não entendia mais nada e pensava: pra falar palavrão no microfone eu falo tão bem, porque que pra falar das coisas de Deus eu não consigo?

É porque até você se acostumar com o fogo do altar leva tempo! É o fogo queimando as impurezas ainda. Quer ter vitória, anda no caminho do Senhor, obedece.Hoje eu não bebo não é porque eu não posso, é porque eu não quero. Eu quero ter comunhão com o meu Pai.

Isso vai atrapalhar minha comunhão, então fora! Atitude inteligente é você andar por um caminho que te leva pra vida e não em um caminho que te leva pro buraco!Vai pra vida e você vai ver que você é feliz sem uma gota de álcool! Sem um cigarro, sem uma droga, você vai ver que é feliz! Sem nada dessas porcarias, você vai ver que é feliz sem nenhuma dessas porcarias!

Presença de Deus. Isso satisfaz o ser humano.”Fonte: Sim Jesus (18.04.2009)
Publicado em Missionários que marcaram, Testemunho Missionário | Marcado com | Deixe um comentário

Crianças sírias morrem em ataque após terem sido atraídas por caminhão cheio de comida

siria

Pedido Urgente !!!
Precisamos orar pela Síria !!!


Explosão no sábado deixou ônibus e carros destruídos e matou pelo menos 126 pessoas, incluindo 68 crianças, segundo ativistas.

Os ônibus que carregavam sírios evacuados das zonas de conflitos ficaram destruídos (Foto: Omar haj kadour / AFP)

A evacuação de milhares de sírios de quatro regiões ocupadas por rebeldes continua neste domingo, apesar do ataque que matou dezenas de pessoas no último sábado.

A explosão de um veículo bomba destruiu ônibus, incendiou carros e deixou rastros de corpos – incluindo muitas crianças – por todos os lados. Tudo aconteceu quando o comboio que levava sírios evacuados de regiões de conflito parou em um território rebelde próximo a Aleppo.

Segundo ativistas, pelo menos 126 pessoas morreram com a explosão – sendo 68 crianças. A correspondente da BBC no Oriente Médio, Lina Sinjab, conta que a bomba veio bem no momento em que um veículo carregado com comida chegou e começou a distribuir batatas fritas, atraindo muitas crianças para perto dele.

Por volta de 15h30 do horário local, a explosão aconteceu bem no posto de controle em Rashidin, onde a transferência das pessoas evacuadas iria acontecer.

Segundo Sinjab, não ficou claro como o veículo com explosivos conseguiu entrar naquela área sem a autorização do governo. A TV estatal culpou “terroristas” pelo ataque e afirmou que um suicida teria usado uma van que levava suprimentos para entrar na área.

Ainda assim, não há evidências sobre a autoria do ataque. Para a correspondente da BBC no Oriente Médio, seria pouco provável que os rebeldes estivessem envolvidos na explosão. “Não seria do interesse dos rebeldes algo desse tipo, já que eles mesmos estavam esperando seus apoiadores serem evacuados de outras regiões”, explicou Lina Sinjab.

Milhares de pessoas esperavam serem levadas para regiões mais seguras – um acordo entre governo e rebeldes prometeu evacuar os povos em perigo e levá-los para áreas mais distantes da zonas de conflito.

Crianças feridas recebem tratamento em Aleppo; pelo menos 68 teriam morrido em ataque no sábado (Foto: George Ourfalian / AFP)

As vítimas da explosão ocorrida no sábado eram em sua maioria xiitas, dos povos de Foah e Kefraya.

“Há mortos por todos os lados. É possível ver dezenas de carros queimados e muitos corpos”, disse uma testemunha que não revelou seu nome à agência síria Qasioun.

De acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, organização com base no Reino Unido, o responsável pelo ataque teria sido um suicida que dirigia um caminhão e provocou a explosão. Ainda segundo o Observatório, pelo menos 109 evacuados de cidades governamentais foram mortos, juntamente com trabalhadores de ajuda humanitária e soldados rebeldes.

Encurralados em território hostil

Milhares de pessoas de ambos os lados da guerra civil que seriam evacuadas estão encurraladas em território hostil desde sexta-feira.

A evacuação foi negociada em um acordo liderado por Irã e Catar e tinha como objetivo aliviar o sofrimento dos povos que viviam nas cidades sitiadas: Foah e Kefraya no Noroeste do país, e Madadaya e Zabadani, perto de Damasco.

Os moradores de Foah e Kefraya, que em sua maioria são muçulmanos xiitas, vivem sob o domínio das forças rebeldes e jihadistas sunitas vinculadas à al Qaeda desde março de 2015.

Já Madaya e Zabadani, de maioria sunita, foram sitiadas desde junho de 2015 pelo exército sírio e por combatentes do movimento xiita libanês Hezbollah.

Cerca de 30 mil pessoas seriam evacuadas pelo acordo feito, mas segundo a agência de notícias AFP, pelo menos 5 mil evacuados de zonas controladas pelo governo e outras 2,2 mil de zonas controladas pelos rebeldes estão encurraladas.

Os rebeldes acusam o governo de romper o acordo ao tentar evacuar mais combatentes aliados do que o que foi negociado em princípio.

No mês passado, a ONU descreveu a situação dos povos sitiados como “catastrófica”.

Os evacuados da cidade de Madaya, que estão nas mãos dos rebeldes, pediram às organizações internacionais que os protejam de atos de vingança por conta desse ataque e disseram que condenam a agressão a outro comboio.

Fonte: BBC e Globo

Publicado em Notícias Missionárias (NM) | Marcado com | Deixe um comentário